10 de dezembro de 2019

Em nota, governo diz que trabalhará para assegurar fluidez do comércio com EUA

Em sua conta do Twitter, Trump disse que o Brasil e a Argentina têm desvalorizado as próprias moedas e que, por conta disso, iria retomar tarifas sobre aço e alumínio


Por Estadão Conteúdo Publicado 02/12/2019
Agência Brasil/Alan Santos/PR

O governo brasileiro divulgou nota em que diz que está “em contato com interlocutores em Washington” após ter tomado conhecimento da declaração do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre intenção de sobretaxar o aço e o alumínio do Brasil. Na manhã desta segunda-feira, 2, em sua conta do Twitter, Trump disse que o Brasil e a Argentina têm desvalorizado as próprias moedas e que, por conta disso, iria retomar tarifas sobre aço e alumínio provenientes dos dois países imediatamente.

“O governo trabalhará para defender o interesse comercial brasileiro e assegurar a fluidez do comércio com os EUA, com vistas a ampliar o intercâmbio comercial e aprofundar o relacionamento bilateral, em benefício de ambos os países”, destaca a nota, assinada pelos Ministérios das Relações Exteriores, Economia e Agricultura.