18 de novembro de 2019

Radialista é acusado de racismo após chamar cabelo de Marielle de horroroso

Vereadora foi assassinada em 2018 no Rio de Janeiro


Por Redação Educadora Publicado 07/11/2019

O radialista Rogério Mendelski, da Rádio Guaíba, no Rio Grande do Sul, está sendo alvo de críticas nas redes sociais após chamar o cabelo da vereadora assassinada Marielle Franco de “horroroso”. Ele está sendo acusado de racismo. As informações são do Portal Uol.

“Agora virou até moda o cabelo da Marielle. O que eu tenho visto de pessoas com o cabelo, aquele cabelo horroroso, feio, com um coque na cabeça”, disse. A web não perdoou e pouco tempo depois ele já passou a receber críticas nas redes sociais.

A rádio chegou a publicar uma nota se desculpando pelo ocorrido e dizendo que não compactua com qualquer discriminação.