20 de novembro de 2019

Advogado de Najila diz que deixa o caso se ela não entregar celular até meia-noite

"Se ela não entregar, eu deixo o caso. Não dá para defender alguém que não entrega as provas."


Por Estadão Conteúdo Publicado 10/06/2019

Advogado da modelo que acusa Neymar de estupro, Danilo Garcia de Andrade compareceu à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher na tarde desta segunda-feira (10) para avisar a Polícia Civil que a cliente não entregou o celular que conteria um vídeo que seria provas do crime. Na saída, ele declarou à imprensa que deixará o caso se Najila Trindade não entregar as imagens até a meia-noite.
“Não estive com minha cliente. Não estou com o celular. O prazo é até a meia-noite para ela entregar. Se ela não entregar, eu deixo o caso. Não dá para defender alguém que não entrega as provas.”
A gravação foi apontada pelo advogado como peça fundamental na tese que vai apresentar a Polícia Civil. Até o momento, apenas 66 segundos do vídeo são de conhecimento da delegada Juliana Bussacos, que coordena as investigações. No total, seriam sete minutos de gravação, mas a modelo não entrega o material ao seu advogado.
Najila argumentou que a gravação estaria em um tablet que sumiu depois de suposto arrombamento em sua casa na semana passada. Peritos estiveram no local e um laudo para saber se houve mesmo arrombamento está sendo elaborado. A administração do prédio nega o crime.
Diante da não entrega das provas, Garcia de Andrade anunciou neste domingo (9) que deixaria o caso se o vídeo não chegasse até ele. O advogado esteve na delegacia para dizer que ainda não viu o material.
“Diz ela [Najila] que vai entregar. Até agora não recebi. Vim avisar a delegada que não recebi. Ela [Najila] fala que tem, mas não entrega”.