17 de outubro de 2019

“Ser o mais rico do mundo foi uma grande estupidez”, desabafa Eike Batista

Eike Batista fez um desabafo em sua conta no Instagram no último domingo, quatro dias antes de ser preso novamente


Por Redação Educadora Publicado 09/08/2019

No último domingo, quatro dias antes de ser preso novamente na manhã de quinta-feira (8), Eike Batista fez um desabafo em sua conta no Instagram. Na postagem, que destoa entre tantas outras sobre negócios e com dicas de empreendedorismo, o empresário fala de arrependimentos e da importância da família. Além disso, Eike considerada “uma estupidez” a ambição de se tornar o homem mais rico do mundo.

“Me perguntam muito o que mudei nos últimos anos, depois de tantos aprendizados. Eu diria que a maior mudança foi nos valores empregados às pequenas coisas da vida. Aquela frase “quero ser o mais rico do mundo” foi uma grande estupidez. Hoje eu vejo que conquistas e troféus são bons, mas não passam de enfeites de uma sala vazia. Ser o mais rico não deve ser o objetivo principal, devemos almejar ser o mais generoso, o mais íntegro e o mais feliz possível.

Me ergui para obter novas conquistas, mas, principalmente, para viver cada uma delas com minha família e amigos. E, é claro que sempre compartilhando-as com o meu país”, escreveu Eike, que ainda postou uma foto ao lado da mulher, Flavia Sampaio, do filho, Olin Batista, e de amigos durante um almoço em Jurerê, Santa Catarina, para onde viajou em julho para dar uma palestra.

As informações são do portal Extra.