18 de agosto de 2019

Papagaio que levou tiro, mordida de cobra e foi roubado volta sozinho para zoológico

Durante o tiroteio, Freddy foi atingido na região superior do bico, que ficou deformado, ficou cego e teve queimadas as penas que nasciam entre os olhos.


Por Ana Paula Rosa Publicado 29/04/2019
Divulgação

O papagaio Freddy Krueger é um osso duro de roer. O animal, que vive no zoológico de Cascavel, no Paraná, passou por uma situação das mais difíceis. Ele foi roubado à mão armada enquanto se recuperava de uma mordida de cobra no zoológico, depois de ser resgatado de traficantes numa boca de fumo, onde levou um tiro que deformou seu rosto e cegou seu olho direito. Mas a história não termina aí. Freddy voltou para casa sozinho.

No último dia 16, Freddy, uma ave da raça Amazona aestiva, foi roubado do zoológico com outro papagaio e um botijão de gás. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, mas há dificuldades em identificar os criminosos, já que o local não tem câmeras. Um dos vigias afirmou que o crime foi cometido por três pessoas, pelo menos uma delas armada. O zoológico de Cascavel tem uma área de aproximadamente 18 mil metros quadrados e abriga 340 animais.

A Secretaria Municipal de Política sobre Drogas e Proteção à Comunidade realiza a segurança no local. Atualmente, são cerca de dez profissionais atuando na função, mas na noite do roubo, com alguns deles afastados por motivos de saúde, apenas um guarda trabalhava em um turno onde deveriam haver três.

Entretanto, apenas dois dias depois do roubo Freddy Krueger foi encontrado próximo à jaula na qual ele vive. Por ser violento, ele fica afastado das outras aves. Segundo o veterinário e diretor do zoológico Ilair Dettoni, havia gotas de sangue no chão, que ele atribui a possíveis bicadas do animal nos bandidos. “Ele é muito vida louca”, afirmou, em entrevista à Folha de S. Paulo.  Não se sabe se ele escapou dos bandidos ou foi solto.

Na semana anterior à do roubo,  o papagaio apresentou um ferimento na perna que teria sido causado por uma cobra pequena, não peçonhenta. Freddy sangrou muito e estava em fase final de recuperação quando foi roubado, mas ao voltar para casa já se encontrava bem. O segundo papagaio e o botijão de gás ainda não foram encontrados.

Há cerca de quatro anos, a ave foi resgatada pela pela polícia em investida contra traficantes numa boca de fumo da região. Durante o tiroteio, Freddy foi atingido na região superior do bico, que ficou deformado, ficou cego e teve queimadas as penas que nasciam entre os olhos.

 

Fonte: OP9