14 de dezembro de 2019

Marcos Valério cita Lula como um dos mandantes da morte de Celso Daniel

O ex-prefeito de Santo André foi morto há 17 anos e o caso permanece sem solução


Por Estadão Conteúdo Publicado 25/10/2019

Em depoimento concedido ao Ministério Público, o empresário Marcos Valério, acusado de desviar recursos públicos para alimentar caixas eleitorais na década de 1990, teria afirmado que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi um dos mandantes da morte do ex-prefeito de São André, Celso Daniel. Depoimento foi obtido pela revista Veja.

O ex-prefeito de Santo André foi morto há 17 anos e o caso permanece sem solução. Celso Daniel foi sequestrado em 18 de janeiro de 2002, após sair de um restaurante em São Paulo acompanhado do empresário Sérgio Gomes da Silva, o Sombra. O corpo foi achado dois dias depois, com 11 tiros.

O Ministério Público sempre sustentou que houve motivação política no assassinato. Celso Daniel teria sido assassinado porque havia decidido acabar com o esquema de propina no transporte, cuja finalidade seria abastecer o caixa dois do PT. O partido sempre negou as acusações.