20 de novembro de 2019

Mãe de menino picado por escorpião: “Falava muito que me amava”

Christian Souza de Jesus, de 4 anos, morreu após ser atacado pelo animal enquanto dormia em sua casa, no DF


Por Redação Educadora Publicado 01/07/2019

A família de Christian Souza de Jesus, de 4 anos, morto após ser picado por um escorpião enquanto dormia, na QNF 20 de Taguatinga, pretende se mudar do local. Pai do garoto, o serralheiro Juliano da Silva Alecrim da Silva, 32 anos, disse que a antiga ideia ganhou força após o incidente. “O sentimento pelo meu filho é de tristeza e a preocupação pelos outros é grande. A gente dorme achando que vai ser picado também”, contou ao portal Metrópoles, nesta segunda-feira (01).

Juliano e Lorraine Silva de Jesus, 32, são pais de mais quatro crianças, uma de 10 meses de idade e as outras com 3, 6, e 11 anos. A mãe se revolta com a situação da região onde mora, que sofre com a infestação. “O governo só vem quando alguém morre. Estamos fazendo denúncia já faz tempo e não arrumaram nada”, reclamou.

Eles contaram que as aparições são recorrentes na região. Quando morava na rua ao lado, o próprio pai foi picado. “Só nos últimos seis meses, achei aqui uns 20 escorpiões”, revelou Juliano, enquanto segurava um pote com vários deles. “Todo mundo na vizinhança já teve caso. A gente quer sair para um lugar que não tenha esse problema”, completou.

 

*Leia a matéria completa no Metrópoles