25 de setembro de 2020

’Eu podia perder tudo menos ele’, diz pedreiro ao reencontrar cão após incêndio

O cãozinho Quinho foi resgatado do meio das chamas por vizinhos


Por Redação Educadora Publicado 25/12/2019

No final de novembro de 2019, a casa do pedreiro Alcides Soares, 58 anos, foi destruída por um incêndio. Apesar da tragédia, a sua maior felicidade foi o seu cão Quinho ter sobrevivido.

“Isso pra mim foi tudo. Eu podia perder tudo, menos ele”, disse emocionado.

O incêndio ocorreu em Natal (RN), e desde então, Alcides está na casa da sua irmã Tânia.

O pedreiro está há 5 anos desempregado, e para seu sustento, ele tem trabalhado como coletor de recicláveis. No dia do incêndio, ele estava na rua trabalhando.

Quando recebeu a notícia do acidente, a primeira coisa que pensou foi no seu cachorrinho que tem 12 anos e não tem parte da visão.

“Ele é mais que um filho para mim. Eu quase morri quando achei que ele tinha ficado preso em casa.”

Graças aos vizinhos, que enfrentaram as chamas para salvar o cãozinho,  ele foi resgatado com vida.

Além de contar com a solidariedade dos vizinhos no resgate ao animal e no abrigo, o pedreiro também tem recebido ajuda para recuperar o que foi perdido.

 

Foto: Klênyo Galvão/Inter TV CabugiFoto: Klênyo Galvão/Inter TV Cabugi

 

ASSISTA AO DEPOIMENTO DO SR. ALCIDES AO PORTAL OP9