13 de August de 2020

Internacional de Limeira leva a virada do Guarani e é eliminada do Troféu do Interior

Apesar de ter encerrado o primeiro tempo na frente, Leão acabou sofrendo dois gols e deixou escapar a chance de disputar a final


Por Danilo Janine Publicado 01/08/2020 Atualizado em 04/08/2020 às 13:03
Foto: Italo Gabriel/Internacional de Limeira

A Internacional de Limeira está fora da disputa do título do Troféu do Interior 2020. Neste sábado (1º), o Leão foi derrotado pelo Guarani, de virada, por 2 a 1, em Araraquara, e deixou escapar a chance de chegar pela primeira vez a final do torneio.

O time de Limeira começou bem a partida e abriu o placar com Murilo Rangel de cabeça aos 22 minutos do primeiro. Após cobrança de escanteio de Jonathan, Rangel apareceu livre na área e cabeceou sem chances para o goleiro Jefferson Paulino.

A Inter poderia ter ampliado o placar ainda na primeira etapa, novamente com Murilo Rangel. Aos 40 minutos, em cobrança de falta do camisa 10, a bola desviou na barreira e bateu no travessão.

No segundo tempo, o Leão voltou mais recuado e tentava sair nos contra-ataques, porém, quem aproveitou um desses ataques rápidos foi o Guarani.

Waguinho levou a bola até a entrada da área, o volante Geovane tentou tirar e acabou dividindo com o bugrino. Para o azar do jogador da Inter, a bola foi para o gol e Rafael Pin nada pode fazer. Era o empate do time de Campinas.

Após disso, o Guarani tomou conta do jogo e dois minutos depois virou a partida após receber passe de Lucas Crispim.

Depois de levar a virada, a Inter partiu para cima. Aos 24 minutos, numa boa jogada pela esquerda, Balardin achou Tcharles livre dentro da área, que chutou fraco e facilitou para o goleiro.

O Leão ainda teve outra boa chance. Aos 37, Airton desceu pela esquerda, chutou forte e a bola explodiu no travessão.

Balardin ainda foi expulso aos 51 minutos da etapa final, após revidar uma falta de Lucas Abreu. No final o time de Campinas garantiu vaga para a final e espera o adversário que sairá da partira entre Red Bull Bragantino e Botafogo de Ribeirão Preto.