15 de agosto de 2020

Internacional de Limeira diz que tem autorização do Estado para treinar e que manterá atividades

Clube afirmou que ainda não teria sido notificado pela Prefeitura sobre a recomendação do MP


Por Danilo Janine Publicado 02/07/2020
Foto: Divulgação/Internacional de Limeira

Após a recomendação do Ministério Público de Limeira para que o prefeito Mario Botion (PSD) proíba a Internacional de treinar na cidade enquanto o município permanecer na fase 1 (vermelha) do Plano de São Paulo de combate ao novo coronavírus, o clube informou, através de nota, que treina com autorização do governo estadual e que manterá as atividades. A recomendação é assinada pelo promotor de Defesa da Saúde Pública de Limeira, Rafael Pressuto.

A nota, assinada pela advogada Talita Garcez, do Departamento Jurídico da Inter, afirmou que o clube ainda não teria sido notificado pela Prefeitura sobre a recomendação do MP e que vem cumprindo todos os protocolos de segurança determinados pela Federação Paulista de Futebol.

A advogada informou ainda que os dirigentes do time de Limeira têm participado constantemente de reuniões na Federação, juntamente com sindicatos, como os dos atletas, e também com o Ministério Público do Trabalho.

Confira abaixo, na íntegra, a nota da Internacional de Limeira:

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA INTERNACIONAL, informa que até o presente momento não foi notificada pela Prefeitura acerca da recomendação do Ministério Público de Limeira sobre os treinos na cidade.

Contudo, cumpre salientar que a retomada aos treinos neste 1º de Julho ocorreu de acordo com a autorização do Governador do Estado de São Paulo – João Dória, uma vez em que vem cumprindo com os protocolos de segurança com os Atletas e demais profissionais envolvidos, conforme pronunciamento ocorrido no dia 17/06/2020.

Não obstante, na data de ontem, ocorreu uma audiência de conciliação perante o NUPEMEC-Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos, do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, sob a supervisão da Desembargadora do Trabalho Dra. ANA PAULA PELLEGRINA LOCKMANN, e assistência  do Ministro Guilherme Augusto Caputo Bastos do Tribunal Superior do Trabalho,   e com a presença:


•             FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL,

•             SINDICATO DAS ASSOCIAÇÕES DE FUTEBOL PROFISSIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO – SINDBOL,

•             SINDICATO DOS ATLETAS PROFISSIONAIS DO ESTADO SÃO PAULO, SINDICATO DOS TREINADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL DO ESTADO DE SÃO PAULO,

•             SINDICATO DOS TREINADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL INTERMUNICIPAL DA REGIÃO DO GRANDE ABC E LITORAL PAULISTA E

•             SINDICATO DOS ÁRBITROS DE FUTEBOL DO ESTADO DE SÃO PAULO,

•             DOS CLUBES PAULISTAS DO INTERIOR QUE DISPUTAM A SÉRIA A DO CAMPEONATO,

•             MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO, REPRESENTADO PELOS SEU PROCURADOR DR. FÁBIO

•             MESSIAS VIEIRA E DR. RONALDO LIRA

•             MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL, PELO SEU SUB-PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA, DR. ARNALDO HOSSEPIAN SALLES DE LIMA JUNIOR.

•             GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO, REPRESENTADO PELO SECRETÁRIO DE ESTADO DE

•             ESPORTES, SR. AILDO RODRIGUES.

•             MÉDICO DR. MOISÉS COHEN, PRESIDENTE DO COMITÊ MÉDICO DA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL.

Assim, a Inter de Limeira esclarece que em referida audiência foi acordado por TODOS acima o reinício dos treinos a partir de 01 de julho de 2020 e que na mesma oportunidade, o Governo do Estado de São Paulo, pelo Sr. Aildo Rodrigues, se pronunciou dizendo que o reinício dos treinos estava mantido para 01/07/2020, sem restrições, com obediência aos protocolos já aprovados.

Posto isto, considerando a mediação formalizada, a Internacional de Limeira informa que tem mantido seu comprometimento quanto ao cumprimento dos protocolos estabelecidos, e regras relacionadas a segurança e medicina do trabalho nesta retomada aos treinos.

TALITA GARCEZ
JURÍDICO DA ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA INTERNACIONAL