03 de julho de 2020

Corinthians se aproxima de R$ 100 milhões com vendas e dobra lucro de 2019

Grande parte deste valor foi arrecadado com a venda do meia Pedrinho ao Benfica, de Portugal


Por Folhapress Publicado 28/06/2020 Atualizado em 29/06/2020 às 14:22
SÃO PAULO, SP, 25.07.2019 – CONRINTHIANS-MONTEVIDEO WANDERES – Pedrinho, do Corinthians, comemora seu gol durante a partida contra o Montevideo Wanderers-URU, válida pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana de Futebol 2019, realizada no Itaquerão (Arena Corinthians), nesta quinta-feira (25). (Foto: Daniel Vorley/Agif/Folhapress)

O Corinthians se aproxima dos R$ 100 milhões com vendas de atletas nesta temporada e já ultrapassa a projeção de R$ 66 milhões no orçamento de 2020. Aliás, o valor de R$ 92 milhões é pouco mais que o dobro do arrecadado no ano passado (aproximadamente R$ 45 milhões).

Grande parte deste valor foi arrecadado com a venda do meia Pedrinho ao Benfica, de Portugal. Os portugueses desembolsaram 20 milhões de euros (cerca de R$ 123 milhões), mas o Corinthians embolsará cerca de R$ 80 milhões, já que possuía 70% dos direitos econômicos do atleta.

A venda recente do atacante André Luis para Daejeon Hana Citzen por US$ 2,2 milhões de dólares (aproximadamente R$ 11 milhões) também ajudou o Corinthians a se aproximar dos R$ 100 milhões em vendas de jogadores. No caso do ex-atacante da Ponte Preta, o Timão tem direito a metade do valor: R$ 5,5 milhões.

Antes deles, o Corinthians já havia negociado o atacante Clayson para o Bahia por R$ 3 milhões, e o volante Junior Urso por R$ 3,5 milhões ao Orlando City, dos Estados Unidos. Vale ressaltar que, neste caso, o Corinthians fechou a transação em dezembro de 2019, mas só anunciou em janeiro deste ano.