13 de August de 2020

Casagrande critica Marcelinho após encontro com Bolsonaro com camisa do Corinthians

Em vídeo publicado nas redes sociais, o ex-jogador fez duras críticas a Marcelinho


Por Redação Educadora Publicado 31/07/2020

Walter Casagrande criticou o encontro entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e Marcelinho Carioca, principalmente, por conta da utilização da camisa do clube. Em vídeo publicado nas redes sociais, o ex-jogador fez duras críticas a Marcelinho.

“Eu cheguei em 1975 nesse clube aqui, no Corinthians. Comecei minha vida lá, corintiano de garoto, cheguei para jogar no dente de leite, nas categorias de base do Corinthians. Em 1979, a torcida do Corinthians abriu uma faixa no Pacaembu dizendo ‘anistia para os presos políticos e exilados políticos’. Em 1982, 1983, até 1985 essa camisa aqui era da democracia corintiana, essa camisa representa liberdade, representa democracia, e nenhum ex-jogador tem o direito de representar o clube politicamente. Eu também não tenho. Isso aqui é democracia. Isso aqui sempre foi democracia”, disse o hoje comentarista do Grupo Globo.