30 de setembro de 2020

Rússia é banida de competições e pode perder Olimpíadas e Copa do Mundo

Atletas russos que não foram envolvidos nas supostas fraudes em testes de doping poderão participar de competições oficiais como atletas independentes ou por outros países


Por Folhapress Publicado 09/12/2019
Foto: Reprodução

A Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) decidiu nesta segunda-feira (9) banir a Rússia de competições oficiais por quatro anos por causa dos escândalos de doping envolvendo atletas do país.

Com a punição, a Rússia poderá ficar de fora dos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, e da Copa do Mundo de Futebol em 2022, no Qatar. A Rússia tem 21 dias para recorrer da decisão na Corte de Arbitragem Esportiva.

Por unanimidade, o comitê de compliance da Wada impôs as sanções porque a Agência Antidoping Russa (Rusada) teria plantado provas e deletado arquivos que poderiam ligar testes de doping positivos de atletas do país.

Atletas russos que não foram envolvidos nas supostas fraudes em testes de doping poderão participar de competições oficiais como atletas independentes ou por outros países.