18 de janeiro de 2020

Real Madrid vence Atlético nos pênaltis e é campeão da Supercopa da Espanha

Merengues venceram a final, neste domingo (12), contra o Atlético de Madri por 4 a 1 nos pênaltis


Por Folhapress Publicado 12/01/2020
Divulgação/Real Madrid CF

O Real Madrid é o campeão da Supercopa da Espanha. Os merengues venceram a final, neste domingo (12), contra o Atlético de Madri por 4 a 1 nos pênaltis, após empate por 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação, e ficaram com o título em Jeddah, na Arábia Saudita. Rodrygo converteu um dos pênaltis do Real.

Esta foi a primeira vez que a Supercopa teve quatro equipes. Antes da final, o Real eliminou o Valencia na semifinal, enquanto o Atlético levou a melhor contra o Barcelona.

O primeiro tempo da partida teve poucas chances para os dois lados. Em uma das melhores chegadas, o Real viu Mendy dar drible da vaca em Trippier e bater para defesa de Oblak.

Os merengues tiveram mais oportunidades na etapa final. Logo no começo do segundo tempo, Jovic apareceu em duas jogadas. Na segunda, bateu cruzado com perigo rente à trave. A melhor chance foi com Valverde. Após cruzamento, o volante cabeceou errado e perdeu gol feito para o Real.

O Atlético só foi responder mais tarde, com chute de primeira de Morata, mas Courtois defendeu. Nos acréscimos, Rodrygo, que entrou no lugar de Isco, bateu rasteiro, e Oblak fez a defesa. O empate por 0 a 0 levou a disputa para a prorrogação.

O Atlético começou melhor e teve a primeira chance com Vitolo, que parou em Courtois. Foi só. De resto, o primeiro tempo da prorrogação só teve a entrada de Vinicius Junior no lugar de Kroos.

A segunda etapa do tempo extra foi mais movimentada. Na principal jogada, Carvajal errou na defesa, e Morata ficou com o caminho livre para o gol, mas Valverde fez falta com carrinho por trás próximo à área para evitar a finalização do atacante do Atlético. O volante do Real recebeu o cartão vermelho direto, mas evitou o gol. A cobrança de falta de Trippier parou na barreira. Já na sequência da jogada, Courtois fez grande defesa após cruzamento rasteiro de Correa.

O novo empate fez a decisão ir para os pênaltis. Carvajal abriu as cobranças para o Real com gol, e Saúl acertou a trave na sequência. Rodrygo mandou no ângulo e fez o segundo dos merengues. Thomas Partey parou em Courtois. Modric marcou, mas Trippier manteve os colchoneros vivos na disputa. Sergio Ramos converteu o quarto do Real e garantiu o título.

As duas equipes agora voltam a jogar no próximo sábado, pelo Campeonato Espanhol. O Real recebe o Sevilla, enquanto o Atlético visita o Eibar.