09 de dezembro de 2019

Luis Enrique é anunciado novo técnico da Espanha

Enrique, que começou o ciclo pós-Copa da Espanha, retorna à seleção para a disputa da Eurocopa 2020 e substituirá seu antigo auxiliar Robert Moreno


Por Folhapress Publicado 19/11/2019
Divulgação/RFEF

Durou pouco a especulação sobre o retorno de Luis Enrique ao comando técnico da seleção espanhola. Na manhã desta terça (19), o presidente da Federação Espanhola, Luis Rubiales, confirmou em entrevista coletiva a volta do ex-Barça ao time – cinco meses após renunciar ao cargo por problemas pessoais. “Luis Enrique é o chefe deste projeto, que começou com as Eliminatórias da Eurocopa e vai até a Copa do Mundo. Gostaria de desejar sorte a ele”, disse Rubiales.

Enrique, que começou o ciclo pós-Copa da Espanha, retorna à seleção para a disputa da Eurocopa 2020 e substituirá seu antigo auxiliar Robert Moreno.

Moreno foi bastante elogiado no período em que esteve no cargo e tem ótimos números: são sete vitórias, dois empates e nenhuma derrota no comando da campeã mundial de 2010. Ao todo, foram 29 gols a favor e apenas quatro contra.

O presidente da federação afirmou que Moreno não foi contrário à volta do treinador. “Assinamos um contrato (com Moreno) em que estava claro que, se Luis Enrique pudesse voltar, ele voltaria. Ninguém pode se sentir enganado aqui. Ele nos disse que concorda e que não será um obstáculo para o retorno do Enrique”.

Na segunda-feira (18), segundo o jornal Mundo Deportivo, Moreno se despediu dos jogadores aos prantos depois da vitória da Espanha sobr a Romênia.

A saga de Luis Enrique comandando a seleção europeia havia durado quase um ano. Em junho, o próprio treinador renunciou ao cargo por problemas familiares -dois meses depois, ele anunciou a morte de sua filha. Rubiales, no entanto, disse que as portas sempre estariam abertas ao ex-Barcelona.