08 de julho de 2020

Keita, jogador do Liverpool, é acusado de tentativa de estupro

O meio-campista tem 25 anos e é um dos principais jogadores do time inglês


Por Folhapress Publicado 23/06/2020
Foto: Reprodução/Liverpool.com

O meio-campista do Liverpool Naby Keita foi acusado de tentativa estupro. No Twitter, Pontso Dlamini relatou o ato, que teria ocorrido em uma festa.
“Em 20 de janeiro, eu fui agredida sexualmente pelo jogador do Liverpool Naby Keita. Reportei para a polícia, com todas as provas, evidências e gravações que me pediram. Me disseram que era a palavra dele contra a minha. F… O sistema falhou”, publicou.

O relato continuou na mesma rede social e ficou ainda mais forte
“Uma amiga me convidou para uma festa de Naby [Keita], em Formby. No fim da noite, ele disse que havia chamado um táxi para mim. Ele mentiu, nunca veio. Fiquei sozinha, e ele começou a tocar em mim. Eu repreendi, disse ‘não’. Foi quando ele me ofereceu dinheiro, e eu recusei”, continuou.

“Pedi para ir ao banheiro e mandei mensagem para minha mãe. Ela insistiu para eu ficar ao telefone até o táxi chegar. Ela ficou muito irritada, disse para eu sair”, completou. “Eu estava em pânico, muito assustada”, explicou.
Ao longo do relato, a mulher ainda conta que foi procurada por um suposto agente e um amigo de Keita, que queriam marcar um encontro para ele se desculpar, mas que ela não foi.

Segundo contou na rede social, toda a troca de mensagens com a mãe, incluindo mensagens de áudio, e tentativas de contato do amigo de Keita e do suposto agente foram encaminhadas à polícia. No entanto, não houve avanço no caso.

A publicação ganhou apoio de vários seguidores na internet e até mesmo outras mulheres que relataram terem passado por situações semelhantes
Até o fechamento dessa reportagem, não houve qualquer manifestação do Liverpool ou de Keita sobre o caso. O meio-campista tem 25 anos e é um dos principais jogadores do time inglês.