17 de novembro de 2019

Corinthians pode ter estreia na Venezuela, mas viaja sem dois selecionáveis

Os atletas do Corinthians que iniciaram o clássico contra o São Paulo neste domingo, vencido por 1 a 0, se dedicaram à recuperação física, enquanto o restante do elenco trabalhou no campo.


Por Folhapress Publicado 27/05/2019
Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians realizou nesta segunda-feira pela manhã (27) o único treinamento no Brasil antes de viajar para a Venezuela, onde enfrenta o Deportivo Lara na próxima quinta-feira, às 17h (de Brasília), pelo jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana.

O volante Matheus Jesus, contratado após se destacar pelo Oeste no Campeonato Paulista, viajou com a delegação corintiana e pode fazer a sua estreia. Isso porque o Corinthians inicia o confronto com 2 a 0 de vantagem no placar -resultado do jogo de ida, em Itaquera, na semana passada- e, por isso, o técnico Fábio Carille pode fazer alguns teste durante o jogo e até na escalação.

Em contrapartida, Carille fica sem Pedrinho e Mateus Vital. A dupla já se apresentou a seleção brasileira olímpica para a disputa do Torneio de Toulon. O meia chileno Ángelo Araos também servirá sua seleção nesta competição.

SEM TITULARES

Os atletas do Corinthians que iniciaram o clássico contra o São Paulo neste domingo, vencido por 1 a 0, se dedicaram à recuperação física, enquanto o restante do elenco trabalhou no campo. A comissão técnica elaborou uma atividade em campo reduzido, simulando situações de jogo.

Nesta terça e quarta-feira, o Alvinegro treinará na Venezuela, em campo a ser definido. Após o treinamento de hoje, os relacionados para a partida foram liberados e se apresentam à noite para o embarque.

Confira os relacionados de Carille:
Goleiros: Cássio, Walter e Caíque
Laterais: Carlos Augusto, Danilo Avelar, Fagner e Michel
Zagueiros: Henrique, Manoel, Marllon e Pedro Henrique
Volantes: Gabriel, Junior Urso, Matheus Jesus, Ralf, Ramiro e Richard
Meias: Jadson, Régis e Sornoza
Atacantes: Boselli, Clayson, Gustavo e Vagner Love