11 de dezembro de 2019

Morre torcedor corintiano que ganhou rampa após vaquinha e ajuda de Carille

Ele estava internado desde a última sexta-feira (25) no Hospital Planalto, em Itaquera, e não resistiu a uma infecção generalizada causada por uma úlcera de pressão


Por Folhapress Publicado 30/10/2019
Reprodução/Facebook

Alan Pereira, torcedor do Corinthians que ganhou uma rampa de acesso em maio passado após uma vaquinha virtual que contou até com a ajuda do técnico Fábio Carille, morreu na noite de segunda-feira (28), em São Paulo. Ele estava internado desde a última sexta-feira (25) no Hospital Planalto, em Itaquera, e não resistiu a uma infecção generalizada causada por uma úlcera de pressão.

Torcedor fanático do clube paulista, Alan tinha 27 anos e era cadeirante desde 2010. Ele ficou conhecido ao ser erguido por amigos no setor norte da Arena Corinthians nos minutos finais de um jogo contra o Ceará, no começo de abril. Alan virou cadeirante depois de sofrer um acidente de moto na Via Dutra, ao lado de um amigo – ele estava na garupa quando aconteceu a fatalidade. Alan chegou a ficar em coma por 15 dias, mas conseguiu se recuperar.