09 de dezembro de 2019

Hernanes e Pato tentam mostrar que podem atuar juntos no São Paulo

São Paulo enfrenta o Fluminense, neste sábado (27), às 19h, no Maracanã


Por Folhapress Publicado 27/07/2019
Paulo Pinto/saopaulofc.net

O São Paulo ganhou da Chapecoense por 4 a 0 na última rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar do placar positivo e do salto da 12ª para a quinta posição na tabela da Série A, o técnico Cuca ainda não acredita ter encontrado a maneira ideal de o time atuar. Uma das principais dúvidas do treinador é como escalar Hernanes e Pato juntos no Tricolor paulista.

A tendência, segundo apurou a reportagem, é de os dois ainda serem titulares no jogo deste sábado (27), às 19h, no Maracanã, contra o Fluminense. Porém, o comandante espera achar um jeito de o time ter um rendimento superior com a badalada dupla.
Cuca acredita que, apesar de serem de posições diferentes, os dois tenham características parecidas e que não casam com o estilo de rotação e velocidade que ele pretende implantar no sistema ofensivo.

A dupla é muito habilidosa, tem a finalização como um ponto forte, mas, em certos momentos, não é tão efetiva ou rápida na hora de soltar a bola para os companheiros. Além disso, eles não vivem os melhores momentos de suas carreiras nesta temporada.

Por isso, uma possibilidade seria a de recuar um pouco mais Hernanes no meio de campo -no lugar de Tchê Tchê. Aí, seria necessário escalar Igor Gomes ou colocar Everton para criar mais as jogadas. Ou ainda deslocar Antony para a armação e adiantar Toró ou Everton para o ataque.

Uma hipótese também seria a de escalar Pato mais centralizado, como um centroavante, e Toró ou Everton pela ponta. O camisa 7, no entanto, já demonstrou a preferência de atuar mais aberto pelas bordas.

Recém-contratado, Raniel também é uma opção mais certeira para as jogadas aéreas e teve um bom aproveitamento em seu primeiro jogo como titular. Na sexta-feira (26), Cuca comandou um treino em três etapas: aquecimento, exercícios técnicos em campo reduzido e cobranças de bolas paradas.

A única novidade em relação ao time que goleou a Chapecoense é a volta do lateral direito Igor Vinícius, que estava gripado e com dores musculares. Assim, o time terá força máxima para tentar a segunda vitória seguida no Brasileiro.

FLUMINENSE
Muriel; Gilberto, Yuri, Nino e Caio Henrique; Allan, Daniel e Ganso, Marcos Paulo, Yony e Pedro. T.: Fernando Diniz

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Igor Vinícius, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Hernanes; Alexandre Pato, Antony e Raniel. T.: Cuca

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Horário: 19h
Árbitro: Anderson Daronco
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
Na TV: Premiere