22 de novembro de 2019

Em postagem, Carille se despede do Corinthians e ressalta orgulho pelo trabalho

Ele mencionou na despedida deixar o clube após uma história vitoriosa, com 12 títulos entre conquistas no papel de auxiliar e também como treinador


Por Estadão Conteúdo Publicado 06/11/2019
Reprodução/Instagram

O técnico Fábio Carille se despediu na noite de terça-feira (5) do Corinthians com um texto de agradecimento publicado no Instagram. Depois de ser demitido no último domingo (3) ao final da derrota por 4 a 1 para o Flamengo, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro, o treinador se manifestou na rede social para ressaltar o orgulho de ter trabalhado e sido campeão pelo time alvinegro.

“No último domingo, encerrei minha segunda passagem como técnico do Corinthians. Desde 2009, quando cheguei ao clube, vesti essa camisa com muito orgulho. Trabalhamos sempre pelo melhor do Corinthians e dessa vez não foi diferente”, escreveu Carille. Quem assume interinamente a função de treinador é Dyego Coelho, porém o futuro comandante da equipe será Tiago Nunes, contratado após se destacar no Athletico-PR.

Carille mencionou na despedida deixar o clube após uma história vitoriosa, com 12 títulos entre conquistas no papel de auxiliar e também como treinador. “Sou muito orgulhoso de ter comandado essa equipe por 183 jogos, sendo o sétimo técnico com mais jogos à frente do clube. Como sempre disse, sou muito abençoado por tudo que aconteceu na minha vida e o que o Corinthians me proporcionou. Saio consciente de que demos o nosso máximo todos os dias”, disse o treinador, que prometeu continuar na torcida pelo time.

Nesta temporada, Carille dirigiu o Corinthians em 66 jogos oficiais com 26 vitórias, 24 empates e 16 derrotas. Como título, conquistou o Campeonato Paulista. O treinador teve a primeira passagem como técnico do clube entre o início de 2017 até maio de 2018, quando foi para o Al Wehda, da Arábia Saudita. No final do ano passado, ele aceitou a proposta de retornar ao time do Parque São Jorge.