22 de novembro de 2019

Elogiado no São Paulo, Diniz revê Fluminense, de onde saiu criticado

Morumbi recebe nesta quinta-feira (7), às 19h30, duelo de tricolores válido pelo Brasileirão


Por Folhapress Publicado 07/11/2019
Érico Leonan/saopaulofc.net

O duelo entre tricolores paulistas e cariocas nesta quinta-feira (7), no Morumbi, marca o reencontro de Fernando Diniz, que recebe elogios por seu trabalho de recuperação à frente do São Paulo, com o Fluminense, que já aponta o dedo em direção ao seu ex-treinador como responsável por um possível rebaixamento à Série B do Brasileiro.

Diniz foi demitido do time das Laranjeiras após a 15ª rodada deste Nacional, quando o Fluminense entrou na zona de rebaixamento e não mostrou sinais de melhora. De lá para cá, os tricolores do Rio de Janeiro ainda lutam arduamente para escapar da degola.

“Nos primeiros 15 jogos sob o comando de Fernando Diniz tivemos um aproveitamento de 27%. Sob o comando de Oswaldo de Oliveira e Marcão, esse número subiu para 42%. Se durante todo o campeonato tivéssemos esse índice, o Flu hoje não estaria na zona de rebaixamento. Certamente estamos sendo muito impactados pela campanha ruim que tivemos nos nossos primeiros 15 jogos”, criticou Celso Barros, o vice-presidente geral do Fluminense, nas redes sociais, na última segunda-feira (4).

Demitido principalmente por pressão de Barros, Diniz mostrou contrariedade e não escondeu a mágoa pela saída. No entanto, ele diz estar concentrado somente em vencer para manter o São Paulo na trilha da vaga à fase de grupos da Libertadores do próximo ano. “Sou muito frio. Hoje sou treinador do São Paulo e, do outro lado, podia estar meu irmão, o pessoal da minha família, que eu ia jogar concentrado para vencer o jogo”, afirmou Diniz ao SporTV.

O técnico completará sua décima partida no comando do tricolor de São Paulo com um rendimento bem melhor que no adversário: são cinco vitórias, dois empates e duas derrotas.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Daniel Alves, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei, Tchê Tchê e Hernanes; Antony, Vitor Bueno e Pablo. T.: Fernando Diniz

FLUMINENSE
Muriel; Gilberto, Digão, Nino e Caio Henrique; Yuri, Allan, Daniel e Ganso; Marcos Paulo e Yony González. T.: Marcão

Estádio: Morumbi
Horário: 19h30
Juiz: Daniel Nobre Bins (RS)