15 de agosto de 2020

‘Desrespeito com trabalho’, diz Gabigol após expulsão polêmica na final do Carioca

"Simplesmente assim tiram você de uma final! Desrespeito com seu trabalho, com sua equipe e com sua família que torce por você em cada jogo!", afirmou jogador


Por Folhapress Publicado 12/07/2020
Divulgação/Flamengo

Gabigol ainda não engoliu sua expulsão no fim do segundo tempo no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca contra o Fluminense. Em suas redes sociais, o camisa 9 no Flamengo lamentou bastante o ocorrido.

“Assim… Simplesmente assim tiram você de uma final! Desrespeito com seu trabalho, com sua equipe e com sua família que torce por você em cada jogo! Um pouco de respeito, e responsabilidade, por favor!”, reclamou.

Nos acréscimos do segundo tempo, o técnico Jorge Jesus decidiu realizar mais uma substituição. Léo Pereira entraria na vaga de Rodrigo Caio, que se recusou a sair. Houve um debate entre os jogadores e o treinador, que decidiu pela saída de Gabigol.

No momento em que o centroavante se encaminhava para deixar o gramado, foi surpreendido pelo árbitro Wagner do Nascimento Magalhães, que aplicou o segundo cartão amarelo e, consequentemente, o expulsou. Gabigol, portanto, está fora da final na quarta-feira (15).

A expulsão ainda desencadeou uma grande confusão após o apito final entre o técnico Odair Hellmann e o auxiliar João de Deus, que discutiram asperamente no caminho do vestiário.