23 de setembro de 2019

Contra o Athletico-PR, São Paulo chega à 5ª vitória seguida e se aproxima do líder

O gol da vitória foi marcado por Vitor Bueno


Por Redação Educadora Publicado 21/08/2019
CURITIBA, PR, 21.08.2109 – ATHLETICO-PR-SÃO PAULO: Partida entre Athletico-PR e São Paulo, válida pela partida adiada da 13º rodada do Campeonato Brasileiro série A 2019, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), na noite desta quarta-feira (21). (Foto: Geraldo Bubniak/AGB/Folhapress)

O São Paulo bateu o Athletico-PR por 1 a 0 nesta quarta-feira (21), em Curitiba, na Arena da Baixada, em partida adiada do Campeonato Brasileiro, e subiu para quarto colocado na competição. O gol da vitória foi marcado por Vitor Bueno.

Com o resultado, o time tricolor chegou à sua quinta vitória consecutiva e diminuiu para dois pontos a distância para o líder Santos -soma 30, contra 32 do rival. O São Paulo ainda fica empatado em pontos com Flamengo e Palmeiras, ambos à frente por diferença no número de vitórias e saldo de gols, respectivamente.

Já o Athletico continuou com 22 pontos e, na oitava posição, fica a cinco pontos do grupo que briga por vaga na Libertadores, aberto pelo Corinthians.
Bastante ofensivo, o Athletico desperdiçou ao menos duas chances claras de gol nos primeiros cinco minutos de jogo, ambas com Marcelo Cirino. Na primeira, o chute saiu fraco, e Tiago Volpi defendeu sem dificuldades. A segunda só não resultou em gol porque Arboleda travou o chute do atacante quase na pequena área.

O São Paulo passou a responder em chutes de longe, de Daniel Alves e Vitor Bueno, sem perigo para o goleiro Santos. E o Athletico seguiu desperdiçando as oportunidades criadas. Na melhor delas, Rony quase encobriu Tiago Volpi em um chute sem jeito, mas o goleiro novamente evitou o gol.

No fim do primeiro tempo, aos 39 minutos, Igor Vinícius desarmou Rony e iniciou o contra-ataque. Após trocas de passes, a bola ficou com Liziero, que, da ponta esquerda, deixou Vitor Bueno, livre na pequena área, em condições de marcar. Gol do São Paulo na única conclusão certa em todo o primeiro tempo.

Léo Pereira quase empatou em seguida, cabeceando rente à trave após escanteio.

Já na segunda etapa, com Marco Ruben no lugar de Rony, o Athletico se atirou de vez ao ataque em busca do empate, mas se perdeu nos inúmeros erros em passes e cruzamentos. Enquanto isso, o time tricolor respondia com contra-ataques, mas falhava na hora da conclusão das jogadas.

O Athletico mexeu novamente e ganhou velocidade com a entrada de Vitinho, e Cuca corrigiu a marcação colocando Willian Farias no lugar de Vitor Bueno.

A forte pressão atleticana quase terminou em empate, mas Marco Ruben errou o alvo por alguns centímetros em um belo voleio. Pedro Henrique ainda desperdiçou a última chance, na pequena área, chutando sobre o gol.

O jogo não teve exibição na televisão. O Athletico fechou contrato com a Turner na TV fechada e não chegou a um acordo pelos direitos de transmissão com a Rede Globo (dona dos canais Premiere), para o pay-per-view.

A Globo tem direito a três jogos por rodada do Nacional. O duelo em Curitiba foi válido pela 13ª rodada, da qual a Globo já exibiu Vasco x CSA, Atlético-MG x Cruzeiro e Corinthians x Palmeiras, todos no último dia 4, informou o departamento de Comunicação da emissora.

ATHLETICO-PR

Santos; Madson, Pedro Henrique, Léo Pereira e Adriano; Wellington (Tomás Andrade), Bruno Guimarães e Thonny Anderson (Vitinho); Nikão, Marcelo Cirino e Rony (Marco Ruben). T.: Tiago Nunes

SÃO PAULO

Tiago Volpi; Igor Vinícius, Anderson Martins, Arboleda e Reinaldo; Liziero (Léo), Tchê Tchê e Daniel Alves; Antony (Juanfran), Vitor Bueno (Willian Farias) e Raniel. T.: Cuca

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Juiz Daniel Nobre Bins (RS)
Assistentes: Jose Eduardo Calza e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Cartões amarelos: e Bruno Guimarães, Wellington e Thonny Anderson (CAP); Reinaldo e Arboleda (SAO)
Gol: Vitor Bueno (SAO), aos 39min do 1º tempo