22 de novembro de 2019

Briga entre torcedores de Cruzeiro e Goiás termina com dois baleados em MG

A Polícia Militar chegou ao local e precisou utilizar balas de borracha e bombas de efeito moral para conter a confusão.


Por Redação Educadora Publicado 06/05/2019
PMMG/Divulgação

A cidade de Sete Lagoas, a 75 quilômetros de Belo Horizonte, foi palco de uma briga entre torcedores de Cruzeiro e Goiás na noite deste domingo (5), logo após a partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. A informação foi divulgada pela Polícia Militar de Minas Gerais.

Segundo relatos de testemunhas ouvidas pela PM, dois torcedores do Cruzeiro foram baleados na região do tórax após um tumulto generalizado, que envolveu pedras e barras de ferro. Pedro Marcelino Gonçalves e Edmar Silva dos Reis foram conduzidos a um hospital municipal.

A Polícia Militar chegou ao local e precisou utilizar balas de borracha e bombas de efeito moral para conter a confusão.

De acordo com a PM, cerca de 150 pessoas participaram da confusão ocorrida na BR-040, que liga Belo Horizonte ao Centro-Oeste do Brasil. Na ocasião, 31 cruzeirenses foram presos e 20 torcedores do Goiás foram detidos. No entanto, todos já foram liberados.

Em campo, o Cruzeiro venceu o Goiás por 2 a 1 no Mineirão, com gols de Dedé e Rodriguinho para os mineiros. Michael fez para o time visitante.