16 de setembro de 2019

Athletico X São Paulo: acompanhe ao vivo pela Educadora

A Educadora transmite a narração da Equipe Transamérica Esportes em todas as plataformas


Por Redação Educadora Publicado 21/08/2019

Acompanhe a narração da Equipe Transamérica Esportes com narração de Guilherme Lage com reportagem de Robson de Lazzari, plantão de Lucas Ito e humor do Gavião:

Plataformas da Educadora:

AM 1020 (Limeira e região)
www.facebook.com/EducadoraAm
www.educadora.am
www.educadora.tv
App da Educadora para Android
App da Educadora para iOs



A partida entre Athletico-PR e São Paulo pelo Campeonato Brasileiro, adiada da 13ª rodada, não terá transmissão em nenhum canal de televisão. Quem ver o duelo, que começa às 19h30 (Brasília) desta quarta-feira (21), terá que ir ao estádio da Arena da Baixada, ou acompanhar em todas as plataformas da Educadora.

O clube paranaense fechou contrato com a Turner na TV fechada e não chegou a um acordo pelos direitos de transmissão com a Rede Globo (dona dos canais Premiere), para o pay-per-view.

Na TV aberta, a Globo passará a partida entre Flamengo e Internacional pela Copa Libertadores, às 21h30. Mesmo se o jogo do Brasileiro acontecesse neste horário, não seria exibido em rede nacional.

A emissora tem direito a três jogos por rodada do Nacional, segundo a mesma informou por meio de nota do seu departamento de Comunicação. “Athletico-PR x São Paulo é uma partida da 13ª rodada, da qual a Globo já exibiu Vasco x CSA, Atlético Mineiro x Cruzeiro e Corinthians x Palmeiras”, todos no último dia 4.

Na rodada em questão, a empresa alterou sua tradicional grade de domingo. Inverteu o horário do futebol com o do “Domingão do Faustão”, com a faixa esportiva começando às 19h e não às 16h (como é de costume), e exibiu o dérbi.

A falta de alternativas tem sido um problema recorrente na grade de programação do meio de semana da Globo, que chegará a sua quinta quarta-feira seguida sem transmissão de um time paulista para o estado de São Paulo (SP).

A última partida de um clube paulista que o público do estado pôde assistir em uma quarta aconteceu no dia 17 de julho. Na ocasião, o Palmeiras foi eliminado pelo Internacional, nos pênaltis, pela Copa do Brasil.

Na semana seguinte, o Flamengo foi até o Equador enfrentar o Emelec, na primeira partida das oitavas de final da Copa Libertadores. A derrota por 2 a 0 rendeu então a segunda maior audiência da Globo paulista no torneio, atrás apenas da estreia do São Paulo, contra o Talleres (ARG) em fevereiro.

Sete dias depois, no Maracanã, o Flamengo conseguiu devolver o placar e avançou nos pênaltis. Novamente, o jogo foi transmitido pela Globo tanto no Rio de Janeiro (RJ) quanto em SP.

Em nenhuma das duas ocasiões um time paulistano jogou no mesmo dia. Por contrato, a Globo tem o direito de exibir uma partida da Libertadores por rodada com exclusividade, na televisão aberta.

A FOX Sports, que tem a prioridade sobre a SporTV para a escolha do jogo na TV fechada, transmitiu com exlucisvidade nas duas terças (23 e 30 de julho), os duelos de ida e volta entre Palmeiras e Godoy Cruz.

No dia 7 deste mês de agosto, pela abertura das semifinais da Copa do Brasil, Cruzeiro e Internacional tiveram transmissão na televisão aberta. Na última semana, foi a vitória gremista sobre o Athletico-PR que foi exibida em rede nacional pela Globo.

Novamente, não houve nenhum outro jogo de um clube paulista em horário conflitante.

Com a partida desta quarta contra o Internacional, o Flamengo terá, então, sua terceira partida transmitida para o público paulista desde a parada para a Copa América. Já o clube colorado, a segunda, sem contar jogos contra times do estado.

Enquanto em São Paulo a Globo tem preferido transmitir jogos cariocas ao invés de filmes, no Rio o cenário já foi diferente.

Nas oitavas de final da Copa do Brasil, no dia 22 de maio deste ano, a emissora preferiu passar “Mais Forte que o Mundo – A História de José Aldo”, já que não tinha nenhum clube da cidade em campo.

O Rio foi exceção. O público gaúcho assistiu a Juventude e Grêmio, enquanto o resto do Brasil assistiu a São Paulo e Bahia.
Durante o Campeonato Paulista, a Globo chegou a exibir filmes às quartas-feiras durante o mês de janeiro. Então, a Federação Paulista de Futebol alterou o horário de partidas do meio de semana para as 21h.

A faixa só voltou a ser ocupada por futebol com a chegada da Copa do Brasil e da Libertadores, em fevereiro, quando a emissora estreou o horário de 21h30 (antes as partidas começavam 15 minutos depois).