20 de agosto de 2019

Bertens bate Halep, é campeã em Madri e impede romena de assumir topo do ranking

A jogadora da Romênia garantiria o seu retorno ao topo se derrotasse a adversária nesta final, mas acabou sucumbindo após 1h27min de partida. 


Por Estadão Conteúdo Publicado 11/05/2019
Divulgação
Vice-campeã do Torneio de Madri no ano passado, a tenista holandesa Kiki Bertens assegurou o título da edição de 2019 da importante competição realizada em quadras de saibro na capital espanhola ao vencer a romena Simona Halep por 2 sets a 0, com duplo 6/4, neste sábado, na decisão.

Com o triunfo, Bertens conquistou o seu nono troféu no circuito profissional da WTA e impediu que Halep assumisse a liderança do ranking mundial. A jogadora da Romênia garantiria o seu retorno ao topo se derrotasse a adversária nesta final, mas acabou sucumbindo após 1h27min de partida.

Essa também foi a segunda taça erguida pela holandesa nesta temporada, na qual anteriormente ela se sagrou campeã em São Petersburgo, na Rússia. E a atual sétima tenista do ranking também fez história ao se tornar a primeira mulher a ganhar o Torneio de Madri sem perder nenhum set.

Em sua campanha, Bertens eliminou três tenistas que já foram vencedoras de Grand Slam: a letã Jelena Ostapenko, a norte-americana Sloane Stephens e a checa Petra Kvitova. No ano passado, por sinal, Kvitova superou a holandesa na decisão na capital espanhola.

Já Halep, campeã em Madri em 2016 e 2017, não conseguiu repetir o feito neste sábado e desperdiçou a oportunidade de ultrapassar Naomi Osaka. A japonesa permanecerá na liderança do ranking mundial, que voltará a ser atualizado pela WTA na próxima segunda-feira. Com a passagem à final na Espanha, a romena subirá da terceira posição para a vice-liderança, deixando Kvitova em terceiro lugar.

Em Madri, Osaka só precisava chegar às semifinais para se manter por mais uma semana como a líder do ranking sem depender de outros resultados. No entanto, na quinta-feira, a japonesa foi eliminada nas quartas de final pela suíça Belinda Bencic, que depois seria eliminada por Halep na fase seguinte.

No duelo deste sábado, Halep chegou a quebrar o saque de Bertens por três vezes, mas a holandesa aproveitou cinco de oito oportunidades de ganhar games no serviço da romena para triunfar em sets diretos. Essa foi a terceira vitória da holandesa em seis jogos com a romena, que no duelo anterior entre as duas já havia sido superada no Torneio de Cincinnati do ano passado.