Chuva alaga ruas e deixa moradores de Piracicaba sem energia

Foram 39,2 milímetros de precipitação, de acordo com o Sistema de Alertas a Inundações de São Paulo


VARIEDADES
Por equipe
Quarta, 24 de janeiro de 2018 às 11:11
O volume de chuva que atingiu Piracicaba (SP) na noite desta terça-feira (23) e na madrugada de quarta (24) foi suficiente para alagar algumas ruas da cidade. Foram 39,2 milímetros de precipitação, de acordo com o Sistema de Alertas a Inundações de São Paulo (Saisp).

A média de chuva em janeiro é de 246,9 milímetros e até a manhã de terça a cidade tinha registrado 171,5. Os dados são do Sistema de Telemetria das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ). Com isso, a Rua José Pinto de Almeida, próximo à Avenida Independência, no bairro Paulista, ficou alagada. Nessa região da cidade, próximo ao Teatro Municipal Losso Neto, alagamentos são comuns quando há chuvas intensas. Além da enchente, alguns pontos da cidade ficaram sem energia durante a noite.

A Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), que é responsável pelo fornecimento de energia da cidade, informou que "devido ao forte temporal que atingiu Piracicaba, parte dos bairros Higienópolis e Jardim Elite tiveram o fornecimento de energia interrompido das 22h48 às 00h30. A companhia esclarece que a situação se encontra normalizada no momento", diz a nota.

Apesar do volume considerável, o Rio Piracicaba não subiu muito e permanece com o nível pouco abaixo da média, com 2,11 metros de profundidade. Durante a noite, ele chegou a ficar em 2,59 metros. O estado de atenção dele é com 3,20 e o manancial transborda em 4,70 metros.

A Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) informou que não recebeu solicitações sobre quedas de árvores. Já a Defesa Civil informou que houve pontos de alagamentos na região de Avenida 31 de Março, Armando de Salles Oliveira na altura da rodoviária e no entorno do Teatro Municipal Dr. Losso Netto, mas sem outros danos.

Informações: G1 Piracicaba