Piracicaba confirma primeira morte por Febre Amarela

Informação é de que homem, que faleceu em 25 de janeiro, contraiu a doença no município


SAÚDE
Por equipe
Quinta, 01 de março de 2018 às 11:59
A Secretaria Municipal de Saúde de Piracicaba (SP) confirmou nesta quarta-feira (28) o primeiro caso de febre amarela em 2018. A vítima morreu em 25 de janeiro e trata-se de um homem. A informação é que ele contraiu a doença no município. A secretaria não informou a idade e o bairro onde ele morava.

O paciente, que ficou internado na Santa Casa de Piracicaba, começou a apresentar os sintomas em 22 de janeiro. “Todos os exames foram encaminhados para o Instituto Adolfo Lutz e a Vigilância Epidemiológica recebeu nesta terça-feira (27) o resultado positivo para Febre Amarela”, informou, por nota, a secretaria.

A Vigilância Epidemiológica investiga o caso, já que a cidade não estava no mapa do estado onde existe a circulação do vírus. “Nunca houve casos de macacos mortos na cidade, que são os sentinelas para a doença”, informou a secretaria.

Quando o homem morreu, a prefeitura chegou a emitir uma nota em que descartava a ocorrência de febre amarela, já que a vítima “não frequentou locais onde há transmissão”.

A apuração vai buscar identificar o local da infecção, outros possíveis casos e vacinação nas áreas de possíveis locais de infecção e fortalecimento de ação do combate vetorial.

“Não há motivo para pânico. A Secretaria de Estado da Saúde já foi comunicado, via DRS-X, e vai orientar se haverá ou não mudanças no protocolo de vacinação em Piracicaba”, pontua a prefeitura.

Vacinação
Segundo a prefeitura, foram vacinados, desde o início do ano, 18 mil moradores. Não há uma meta de imunização, já que ela é estabelecida quando ocorre uma campanha. Agora, com a confirmação do primeiro caso, a Vigilância Epidemiológica vai estudar as próximas ações.

“Vale destacar que Piracicaba vem vacinando a população da Zona Rural desde 2013, com intensificação nos últimos meses”, comunicou. Veja, abaixo, os pontos de vacinação da cidade.