Empresário é preso suspeito estrangular mulher até a morte em motel


POLÍCIA
Por Jornalismo Educadora
Quinta, 13 de setembro de 2018 às 20:56
Paulo Roberto de Almeida, de 29 anos, deverá responder for feminicídio. O empresário é suspeito de matar Luana Rosa Alves de 30 anos de idade e está preso na cidade de Mandaguari, no Paraná. O corpo da mulher foi encontrado na Estrada Promessa, em uma região rural da cidade.

Segundo a Polícia, o homem confessou ter assassinado a mulher. Ele afirmou que marcou um programa com ela pela internet. Eles se encontraram em um motel na cidade de Sarandi, onde os dois discutiram. O empresário relatou que a mulher passou a chantageá-lo, pedindo dinheiro e ameaçando revelar a relação dos dois para a família dele.

O autor teria dado um soco em Luana, que fraturou o nariz. Ainda no motel, ele estrangulou a vítima até a morte. Imagens de segurança do motel obtidas pela Polícia mostram o homem deixando o local sozinho, em um carro com manchas de sangue.

A vítima deixou três filhos pequenos.

Com informações do portal Plantão Maringá. Foto: Reprodução (Redes Sociais)

Educadora

Comando Sertanejo Educadora