Terremoto no Equador causa morte de menina de 12 anos após queda de parede

Terremoto ocorreu às 18h13 (horário local, 21h13 de quarta-feira em Brasília)


INTERNACIONAL
Por equipe
Quinta, 01 de fevereiro de 2018 às 12:24
Uma menina de 12 anos morreu nesta quarta-feira (31), na província de Pastaza, na amazônia do Equador, após a queda de uma parede por causa de um terremoto de magnitude 5,6 na escala Richter, informou a Secretaria Nacional de Riscos.

Em comunicado, a secretaria informou que a morte ocorreu no cantão de Huamboya, após o tremor que teve como epicentro a cidade de Puyo. Segundo o Instituto Geofísico, o terremoto ocorreu às 18h13 (horário local, 21h13 de quarta-feira em Brasília).

Uma fonte do Instituto disse à Agência EFE que depois do tremor principal, ocorrido a 4,81 quilômetros de profundidade, seguiram outros de magnitudes menores.

A Secretaria Nacional de Gestão de Risco informou que o terremoto foi sentido fortemente nas províncias de Orellana, Napo, Tungurahua, Morona-Santiago e Chimborazo.