Segurança em Jerusalém é reforçada devido a novos protestos palestinos

Palestinos protestam contra o reconhecimento de Trump de Jerusalém como capital de Israel


INTERNACIONAL
Por equipe
Sexta, 15 de dezembro de 2017 às 09:35
A Polícia de Israel voltou a aumentar hoje (15) a segurança em Jerusalém, devido a possíveis novos protestos violentos, após a convocação - por parte das facções palestinas - de um novo Dia da Ira, em protesto ao reconhecimento do presidente Donald Trump da cidade como capital de Israel.

O acesso à Esplanada das Mesquitas vai continuar aberto e não haverá restrições de idade para os muçulmanos que queiram participar das orações de sexta-feira ao meio-dia, as principais da semana, informou à Agência EFE o porta-voz da Polícia israelense, Micky Ronsenfeld.

"Foi montado um esquema de segurança com centenas de agentes da polícia e da Guarda de Fronteiras dentro e fora da Cidade Velha, onde fica a Esplanada", informou o porta-voz, advertindo que se acontecerem "protestos ilegais esta tarde, as unidades de polícia vão responder se for necessário".

Informações: Agência Brasil